domingo, 10 de abril de 2011

AÇÃO PELO SEMELHANTE – Notícias.

clip_image002Pesquisa testa remédios homeopáticos em pacientes com dengue no Espírito Santo

O Espírito Santo está pesquisando, por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) com a Secretaria Municipal de Saúde de Vitória, a utilização da Homeopatia no tratamento da dengue. Na fase atual, estão sendo acompanhados casos de dengue nas Unidades de Saúde dos bairros São Pedro, Jardim Camburi e Praia do Suá, na capital. Esse acompanhamento será feito até o mês de junho ou até quando a pesquisa atinja a amostra de 186 pacientes. A partir daí, serão analisados os dados para avaliação dos resultados.
Saiba mais no Ecomedicina!
http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/noticia68.asp

Política Estadual de Práticas Integrativas legitima a Homeopatia em Vitória

Em vigor desde 2008, a Política de Práticas Integrativas do Espírito Santo é uma conquista que abriu caminho para outras. Foi a política que legitimou, por exemplo, a oferta de tratamento homeopático integral em Vitória e o estudo do uso da Homeopatia na prevenção e no tratamento da dengue, realizado também na capital. É sobre estas conquistas que a coordenadora de Práticas Integrativas e Complementares da Secretaria de Estado de Saúde, Ana Rita Vieira de Novaes, fala nesta entrevista.
Confira!
http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/entrevista19.asp

Envie esta mensagem para os seus relacionamentos. Promova o cyber ativismo homeopático.
Expediente
Homeopatia Ação Pelo Semelhante www.semelhante.org.br
E-mail : semelhante@semelhante.org.br Tel.: (+55 21) 2255-1934

_______________________________________________

Mobilização médica 2.

A postagem anterior (05/04) provocou comentários e indagações de pacientes e de leitores deste blog, alguns fazendo vínculo direto do profissional médico aos convênios, como se o convênio fosse o médico e vice-versa e não compreendendo muito bem a razão da paralização; parecia ignorarem que o médico, no final das contas, é um ‘contratado’ que executa um trabalho – Exceto UNIMED na qual os médicos são cooperados.

Por essa razão volto a esse assunto para publicar parte da reportagem que o jornal MEDICINA, do Conselho Federal, trouxe em sua edição 194 de março deste ano.

…”Com a mobilização busca-se justamente a melhoria na oferta de serviços aos pacientes, que atualmente chegam a esperar até três meses para a marcação de uma consulta em algumas especialidades ou procedimentos. Sem contar com os problemas causados pela glosa de procedimentos solicitados.

Pesquisa do Datafolha revela que 92% dos médicos credenciados reclamam que as operadoras interferem nos diagnósticos e nos tratamentos dos pacientes.”

A reportagem lista as reivindicações, as ações programadas e também aborda o fato de que, apesar de estarem bem financeiramente, as operadoras dos convênios não remuneram adequadamente os médicos, como demonstrado nas tabelas abaixo.

Convenio 1 Convenio 2

Botica Caseira – Unhas frágeis.

UNHAS QUEBRADIÇAS E ONICOMICOSE– Aplicar iodo a 2% diariamente – pode ser adicionado à base do esmalte.