sábado, 23 de outubro de 2010

Protesto político 2

O objetivo deste blog está definido em seu cabeçalho: ...abordar o tema saúde..., então porque duas postagens sobre política em curto espaço de tempo?

Primeiro porque é a ‘bola da vez’; estamos em momento eleitoral, ápice dos processos políticos partidários.

Segundo porque minha saúde emocional está em jogo... Pelo que tenho ouvido, lido, visto, presenciado e sentido nas últimas semanas, tenho pensado que preciso mudar; pois em um país de milhões de ‘animais políticos’(1), com milhares de indivíduos adequados, ter que optar por Péssima ou por Péssimo que, todos sabem, não é o primeiro, só mudando mesmo... Mas, aí o impasse... Mudar de morada ou mudar de atitude?

E em terceiro...

A saúde da população depende de quê? – Das  ações dos governos em termos de Saúde Pública  e das ações próprias dos cidadãos, dos quais sou um; mas nossas ações, não só em termo de saúde propriamente dita, dependem em grande parte de condições encontradas no meio em que vivemos e alheias aos nossos desejos e influência, e pergunto:

Depende de quem?

- A qualidade do ar que respiramos...

- A qualidade da água que temos nos cursos d’água e nas torneiras...

- A qualidade do que encontramos para comprar e comer...

- A qualidade dos caminhos por onde andamos...

- A qualidade dos medicamentos que encontramos nas farmácias...

- A qualidade da segurança que necessitamos?

Posso encher paginas e paginas com perguntas semelhantes, é obvio que dependemos das ações politicas para praticamente tudo, nossa autonomia individual acontece em um panorama que as ações politico governamentais determinam, aprovam ou ‘esquecem’... Mas quero fazer a pergunta crucial...

- A QUALIDADE DO ENSINO DEPENDE DE QUEM?

Em sendo a educação, o único caminho possível para a evolução individual e coletiva, evolução que propiciaria um viver ético, harmonioso, justo e saudável, e ‘desconfiado’ de que os políticos, com auspiciosas exceções, se esquivam principalmente desta responsabilidade, tenho que reconhecer que minha atitude, como a de muitos outros, de cuidar da própria vida está resultando em malefício para a saúde coletiva e para minha saúde e que, ao invés de mudar de morada, pois que toda morada está sob algum governo, tenho que mudar de atitude.

(1) “O homem é um animal político”  Aristóteles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário